Clique para ampliar

Compartilhar:

Conjunto 01 de Esculturas Kit-07 Sofrência com imãs

O conjunto 01 de esculturas kit 07 sofrência é composto com imãs por: uma escultura de um homem ou de uma mulher (comprimento com braços e cabeça 7 cm, largura 5 cm, altura 11,5 cm), dois braços maiores e feridos (comprimento 3,5 cm, largura 1,5 cm, altura 6 cm), dois braços com uma mão dando sinal de stop (comprimento  2 cm, largura 2,5 cm, altura 6 cm), uma cabeça ferida ( comprimento 3 cm, largura 2,5 cm, altura 4,5 cm), coração que sai do peito e com imã ( comprimento 1,5 cm, largura 1 cm, altura 2 cm).

Uma esculturas de cactos com dois imãs:( comprimento 6 cm, largura 4 cm, altura 13,5 cm).

Possibilita o trabalho com os mais diversos temas. Pode ser comparado a todos os temas trabalhados com a escultura do Sou tão Você Que Sinto Falta de Mim Mesmo nas questões de diferenciaçao e autoestima. Conjuga com o trabalho da criança interior sofrida e colocada de encontro ao cactos, com a total falta de limites e respeito. Bem como aos temas das esculturas metafóricas dos kits 01 e 02 na medida que representam os problemas.

O kit Sofrência diz tudo pelo próprio nome, situações de grande sofrimento, traumáticas vividas no passado e que agora pela maturidade e consciência do sujeito pode deixar de abraçar o cactos, ou seja, sair do ciclo vicioso do sofrimento e poder se libertar para viver outros horizontes de alegria e felicidades, bem representada pela criança com a cabeça feliz localizada a frente de seu coração.

A montagem pode ser de uma pessoa abraçada ao cactos. Sofrimentos individuais ou co-dependentes, nas relações tóxicas, abusivas, dependentes e agressivas, gerando muita dor pela desqualificação, inferiorização, agressões verbais ou físicas que colaboram para uma baixa estima. Significa o aprisionamento e a anulação de seu verdadeiro EU empoderado. O cactos pode representar também, apesar do sofrimento conhecido , a proteção ao novo, ou seja tudo que chega do externo chega primeiro a velha e conhecida dor.

A escultura do coração pode ser deslocada do peito, ao qual espaço pode ser preenchido por várias outras coisas externas, como também o cactos bem ali se encaixa, proporcionando uma dor extrema. Pode preencher o espaço mas pela dor e nunca será feito no todo, sempre deixará espaços vazios, que levarão a uma eterna busca de algo. A escultura do coração fora do peito pulsa o viver e a vida fora do corpo do sujeito, demonstrando o que quer viver para sua vida, o que seu EU quer pulsar...

Para piorar a cena, pode ser utilizado o kit chibata Argila: Espelho da Auto-Expressão, representando quanto o próprio sujeito se autopune, autosabota e se autocastiga com suas próprias críticas. Como também as chibatas podem vir de uma fonte externa e quanto o sujeito permite tais abusos e agressões, sejam elas só verbais ou físicas. Tanto uma como a outra gerarão grandes dores. Para acentura o drama pode ser colocada a placa no alto do cactos com frases críticas ou crenças, bem como várias cabeças ali também localizadas com tais dizeres com a placa colocada a boca das mesmas. Quem seriam tais vozes: pais, amigos, marido, esposa, chefes...

Cada escultura adulta possibilita, a medida que o sujeito não queira mais o viver do sofrimento, a retirada dos braços com as mãos feridas pelo cactos e a reposicionamento dos outros dois braços em que num deles a mão direita está posicionada para colocar o limite. Pode ser posicionado para o cactos ou para o outro elemento da relação. Dizendo da diferenciação e um aumento da autoestima.

Sugestões de temas: codependência, relacionamentos tóxicos, vícios, compulsões, tentativa de evitar o vazio, apego a algo ou alguém independente de que preço for, indiferenciação, inferiorização, retraumatização, criança interior ferida, está sempre com uma companhia, evitando a solidão, o cactos media as relações, viver pelo e através do cactos, evita arriscar, viver com o conhecido, narcisismo, mutilação, evitamento da frustração, crenças, fantasias, fantasmas, relações complementares, vitimismo, relações triangulares, condicionamento, relações conjugais, dependência emocional, depressão, transtornos obsessivos compulsivos, alienação parental, doenças psicossomáticas, situações ou vivências traumáticas, procrastinação, comunicação, vergonha, autopunição, viver o pulsar do outro, vicío das reclamações, cabeça cheia de pensamentos negativos, impulso para a vingança, sentimento de injustiça,  submissão, comportamentos destrutivos, autobulling, controle, tentativa de não viver na solidão, dificuldades de elaborar perdas e fazer os lutos, diálogo interno com seu EU punitivo, identificação com o agressor, abuso sexual, não liberta e também não se liberta, convívio com as crenças e sua manutenção, obediência, culpa, consciência de sua própria acusação...

Verifique também na loja outros conjuntos do kit sofrência, outros arranjos e possibilidades de compras mais acessíveis.

LEMBRETE: os itens que acompanham esta escultura estão nomeadas nos dois parágrafos iniciais. As outras peças que são citadas no meio da descrição do produto e sugestões de trabalhar com a mesma, são esculturas que podem ser adquiridas a parte e estão catalogadas na loja viurtual.

 

Nenhuma avaliação para este produto. Seja o primeiro a avaliar!
Pague com
Facebook
Newsletter

Assine nossa mala direta e receba muitas ofertas por e-mail.

Loja segura